Crítica: Despedida em grande estilo

Um bom time de atores as vezes faz a diferença para a qualidade de um filme, e quando estamos falando de um grupo com Michael Caine, Morgan Freeman, Alan Arkin e Christopher Lloyd no ataque, é praticamente certeza de acertar o gol em cheio. 

É por isto que Despedida em grande estilo se torna um programão. Embora apresente uma história sem muitas novidades, fica difícil não rir e se emocionar na poltrona com estes incríveis atores que provam mais do que nunca que chegar à terceira idade não significa perder a vitalidade e a vontade de fazer a diferença.


Despedida em grande estilo é um filme de assalto típico, com a diferença que seus protagonistas são todos sexagenários e precisarão passar por cima das dificuldades da idade para cometer o crime perfeito. Tudo começa quando Joe (Michael Caine) resolve recuperar o dinheiro que ele e os amigos Willie (Morgan Freeman) e Albert (Alan Arkin) deixaram de receber com a apropriação de suas pensões, assaltando o banco que foi responsável pela negociata. Para realizar a empreitada, os três aposentados precisarão tomar aulas com um profissional do ramo e conseguir um álibi convincente que os deixe acima de qualquer suspeita.

Dirigido por Zach Braff, mais conhecido pelo trabalho na série de TV Scrubs, Despedida em grande estilo aproveita o talento cômico de seus astros em uma trama simples e sem grandes reviravoltas que aborda os dramas típicos da terceira idade de forma inteligente e bem humorada. Para completar, ainda traz o inesquecível Christopher Lloyd (De volta para o futuro, Uma cilada para Roger Rabbit) que empresta seu carisma e simpatia para uma divertida participação especial. O entrosamento entre os atores, inclusive, é o grande acerto do filme e rende seus melhores momentos. 

A produção não perde a chance de fazer uma crítica ao mercado financeiro americano, aos jogos de interesses de Wall Street e a forma com que as empresas se comportam ao atuar numa economia cada vez mais globalizada. Mas tudo sem perder o bom humor. 

Cotação: ***

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crítica: A Cabana

Crítica: Logan

Crítica: A Bela e a Fera