Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2015

Crítica: DivertidaMente

Imagem
A Pixar não deixou de ser a Pixar. Fica muito óbvio logo aos primeiros minutos do seu novo trabalho que a criatividade sem limites dos criadores de roteiros incríveis como Monstros S/A e Ratatouille permanece intacta, mesmo após uma temporada produzindo sequencias de seus sucessos e um filme original visualmente impressionante mas de pouco impacto no ponto de vista narrativo (Valente). 
Mas o grande diferencial desta produtora espetacular, que juntamente com a o Estúdio Ghibli de Hayao Miyazaki elevou o cinema de animação ao nível de obra de arte indiscutível, é a cereja do bolo de DivertidaMente: a ousadia. Com uma narrativa e um visual inovadores, a Pixar novamente brinca com um tema de difícil leitura para uma animação para a família, e o resultado é novamente arrebatador. E vai fazer você se emocionar, demais, mais uma vez.

O filme acompanha a vida da menina Riley no ponto de vista de suas emoções, que ajudam a controlar as suas ações de dentro de sua mente. Alegria, Tristeza, No…