Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2009

Crítica: A Princesa e o sapo

Imagem
Foram quase 6 anos sem animações tradicionais produzidas pelos estúdios Disney. Desde o fracasso de Nem que a vaca tussa o estúdio do Mickey havia desistido da técnica que utiliza papel e lápis, considerando que o público queria assistir apenas filmes realizados em computação gráfica.
Felizmente, com a junção entre a Disney e a Pixar, o bastão criativo da companhia foi passado para o mago John Lasseter, da Pixar, a mente por trás de pérolas como Toy Story e Carros, ambos, por sinal, filmes de animação digital. Mas acontece que John Lasseter não acreditava nesta história de cansaço com a animação tradicional, muito pelo contrário. Fã confesso de Walt Disney, Lasseter considerava um retrocesso o estúdio do mestre desistir do estilo mais clássico de animação, com o qual a Disney alcançou tanto reconhecimento de público e crítica. Só o que as animações tradicionais precisavam era de boas histórias. Com este pensamento, foi reativado o departamento de animação tradicional, e para comandar p…

Crítica: Avatar

Imagem
Em 1997, James Cameron se auto proclamou o "rei do mundo", depois do bilhão de dólares e da tonelada de prêmios ganhos pelo seu Titanic. Muitos acreditaram nele, mas, gente, não é bem assim. É verdade que estamos falando de uma figura importante do cinema americano, principalmente considerando sua paixão pelos efeitos visuais e sua visão da importância dos mesmos. No entanto, apesar de seus filmes angariarem recordes, nenhum deles é realmente inesquecível no ponto que considero mais importante: a história. Nem este novo Avatar.


O burburinho em torno desta nova produção começou há algum tempo, enquanto o diretor desenvolvia a tecnologia que dizia ser necessária para tirar o projeto do papel. Foram mais de 10 anos, parte dos quais ele também se dedicou a documentários sobre os destroços do Titanic. Naturalmente, especulações sobre a história eram freqüentes, e durante algum tempo acreditou-se que seria a adaptação do mangá Battle Angel Alita, cujos direitos pertencem a Cameron.…

Pôster da semana: "Alice in Wonderland" , de Tim Burton (EUA, 2010)

Imagem

1999: 10 anos

O ano de 1999 foi um marco na indústria cinematográfica americana. Sob vários aspectos. Comemorando os 10 anos deste ano histórico para o cinema ianque, seguem abaixo aquelas que considero as grandes contribuições à sétima arte que o ano de 1999 proporcionou. E esperemos que um ano como este se repita - em breve!

- Estreiantes com o pé direito
No ano de 1999, fomos apresentados a dois grandes talentos: Sam Mendes e Spike Jonze. O primeiro, oriundo do teatro; o segundo, dos video-clips. O que ambos tem em comum? Começaram suas carreiras no cinema com grandes filmes e indicações ao Oscar. "Quero ser John Malkovich" mostrou que era possível fazer cinema sem recorrer a temas óbvios. E "Beleza Americana" conquistou para Sam Mendes o Oscar de melhor filme e direção. Ambos são filmes memoráveis. Isso é que é estréia!

- Sexo. Subversão. Sabonete.
Clube da Luta era o filme certo na hora errada. Porque? Bem, a sociedade americana pré-11 de setembro não estava preparada para o fi…

Melhores filmes de 2009

10. Se beber, não case
Dá gosto assistir um filme que consegue realizar a máxima a que se propõe: entreter e divertir. Com seu roteiro bem bolado, este filme foi uma injeção de criatividade no combalido gênero de comédia Hollywoodiano, e provou que com um bom time de atores e uma boa história é perfeitamente possível fazer rir sem recorrer a escatologia.

09. Watchmen, o filme
Zach Snyder transformou a Graphic Novel premiada em um grande filme. Watchmen é tudo que se pode esperar de uma adaptação de quadrinhos adulta: denso, violento e com extremo apuro visual. Alguns atores simplesmente desaparecem em seus personagens, com destaque para Jack Earle Haley, que humaniza de forma impressionante o problemático Horschach; e Jeffrey Dean Morgan, que rouba a cena em cada aparição do Comediante.

08. Deixa ela entrar
Totalmente paralelo a febre "Crepúsculo", este drama sueco sobre o relacionamento de um jovem problemático e uma vampira é simplesmente espetacular. Visceral, tenso e... assus…