Os indicados ao Oscar 2012


É no mínimo irônica a frase que estampa o cartaz do Oscar 2012, depois de avaliar a lista de indicados pela Academia ao maior prêmio do Cinema: "Celebrando os filmes em todos nós"? Não foi bem o que aconteceu. Mais uma vez, os votantes da certinha e quadrada Academia de Artes e Ciências Cinematográficas priorizaram os filmes feitos sob medida para sua caretice. E isto está longe de representar os anseios de todo o público!

Não se culpem por perder audiência. O Oscar, ano após ano, relega filmes que atraem o grande público sob pretexto de valorizar apenas "obras de arte". Wall-e, The Dark Knight e A Origem foram algumas das vítimas deste pensamento antiquado. Antes de mais nada, o Oscar deve valorizar os melhores filmes e melhores profissionais envolvidos nestes filmes. Infelizmente nem sempre é o que acontece.

Veja o absurdo da categoria de melhor filme em 2012: 9 indicados. Por que não dez? É o mesmo que dizer que, se poderiam chegar até 10 filmes, nenhuma outra produção realmente mereceu a honraria? Que dizer de Melancholia? Harry Potter e as relíquias da morte - parte 2? Millenium - os homens que não amavam as mulheres? Ou mesmo Planeta dos macacos - a origem, uma revisão digna de uma das séries de ficção mais importantes da história do cinema? Poderia citar muitos outros, mas a Academia preferiu manter apenas 9 indicados, entre eles filmes insossos e que, no mais, mereceriam ser lembrados por uma ou outra categoria técnica.

A lista de indicações teve estranhezas demais. Leonardo Di Caprio e Tilda Swinton foram solenemente ignorados, apesar os inúmeros elogios à suas respectivas atuações. O filme de Di Caprio, J. Edgar, sequer foi lembrado, e é mais um ano que um trabalho de Clint Eastwood fica totalmente de fora da festa (Gran Torino não recebeu uma indicação sequer e Além da Vida teve que se contentar apenas com a indicação dos efeitos especiais em 2011). Justiça seja feita, ao menos A árvore da vida foi lembrado nas categorias principais, e por sua fotografia (que se houver tutano na mente dos votantes, será a vencedora com láureas). Nas categorias de roteiro, boas lembranças como A separação, Tudo pelo poder e Margin Call - o dia antes do fim (críticas de todos disponíveis no meu blog), e como sempre tem que haver uma indicação para um roteiro de comédia, sobrou para o ordinário Missão madrinha de casamento a honraria, indicado juntamente com a atuação de uma de suas coadjuvantes - prova da decadência do gênero, que precisa se contentar em celebrar um filme tão fraco.

Na lista de animações as maiores saias justas ocorreram. A Dreamworks mostrou sua influência sob os votantes, conseguindo indicações para os medianos Gato de Botas e Kung Fu Panda 2, fazendo com que filmes melhores como Operação Presente e Rio ficassem de fora. A Pixar teve de engolir sua primeira ausência da categoria, já que Carros 2 não foi lembrado (sequer nas categorias técnicas de som, cujo estúdio também estava sempre representado). As aventuras de Tintim também ficou de fora, já que os votantes não consideram - ainda! - a captura de movimentos como animação. Completam a categoria os alternativos Um gato em Paris e Chico e Rita, ambos trabalhos artesanais; e o agora favorito Rango. Ao que tudo indica, a festa está preparada para o camaleão de Gore Verbinski, e será muitíssimo justo.

Um ponto a mais para se falar acerca da polêmica da captura de movimentos: a Academia não aceita a arte como animação, e tampouco reconhece o talento dos atores por trás desta moderníssima tecnologia. O fato de Andy Serkis não ter sido indicado novamente por seu personagem em Planeta dos Macacos - a origem, apesar de esperado, pois temos diversas outras performances marcantes no ano que se passou, é um alerta para o futuro, pois esta nova realidade vai invadir como nunca o cinema de entretenimento. Que venham as cenas dos próximos capítulos...

A cerimônia do Oscar será realizada no final de fevereiro. Até lá, vejamos se o favorito da vez se confirmará - o filme mudo O Artista - ou se algum entre os concorrentes da categoria principal despontará de última hora como no passado, com filmes como Quem quer ser um milionário e O discurso do rei. A grana começa a rolar por trás dos panos agora...

Segue a lista oficial de indicados:

Melhor filme

Os Descendentes
A Árvore da Vida
Histórias Cruzadas
A Invenção de Hugo Cabret
O Homem Que Mudou o Jogo
Cavalo de Guerra
O Artista
Meia-Noite em Paris
Tão Perto e Tão Forte

Melhor ator

George Clooney - Os Descendentes
Brad Pitt - O Homem Que Mudou o Jogo
Jean Dujardin - O Artista
Demián Bichir - A Better Life
Gary Oldman - O Espião que Sabia Demais

Melhor atriz

Glenn Close - Albert Nobbs
Viola Davis - Histórias Cruzadas
Rooney Mara - Millennium - Os Homens que Não Amavam as Mulheres
Meryl Streep - A Dama de Ferro
Michelle Williams - Sete Dias com Marilyn

Melhor ator coadjuvante

Kenneth Branagh -Sete Dias com Marilyn
Nick Nolte - Guerreiro
Max Von Sidow - Tão Perto e Tão Forte
Jonah Hill - O Homem Que Mudou o Jogo
Christopher Plummer - Toda Forma de Amor

Melhor atriz coadjuvante

Bérénice Bejo - O Artista
Jessica Chastain - Histórias Cruzadas
Janet McTeer - Albert Nobbs
Melissa McCarthy - Missão Madrinha de Casamento
Octavia Spencer - Histórias Cruzadas

Melhor diretor

Woody Allen - Meia-Noite em Paris
Terrence Malick - A Árvore da Vida
Alexander Payne - Os Descendentes
Michel Hazanivicous - O Artista
Martin Scorsese - A Invenção de Hugo Cabret

Melhor roteiro adaptado

A Invenção de Hugo Cabret
Tudo pelo Poder
Os Descendentes
O Espião que Sabia Demais
O Homem Que Mudou o Jogo

Melhor roteiro original

Meia-Noite em Paris
O Artista
Margin Call - O Dia Antes do Fim
Missão Madrinha de Casamento
A Separação

Melhor filme em lingua estrangeira

A Separação (Irã)
Bullhead (Bélgica)
Monsieur Lazhar (Canadá)
Footnote (Israel)
In Darkness (Polônia)

Melhor longa animado

Gato de Botas
Kung Fu Panda 2
Rango
Um Gato em Paris
Chico & Rita

Melhor trilha sonora original

As Aventuras de Tintim
O Artista
O Espião que Sabia Demais
A Invenção de Hugo Cabret
Cavalo de Guerra

Melhor canção original

"Man or Muppet" - Os Muppets
"Real in Rio" - Rio

Melhores efeitos visuais

Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2
A Invenção de Hugo Cabret
Gigantes de Aço
Planeta dos Macacos - A Origem
Transformers: O Lado Oculto da Lua

Melhor maquiagem

Albert Nobbs
Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2
A Dama de Ferro

Melhor fotografia

Millennium - Os Homens que Não Amavam as Mulheres
O Artista
A Invenção de Hugo Cabret
A Árvore da Vida
Cavalo de Guerra

Melhor figurino

Anônimo
O Artista
A Invenção de Hugo Cabret
Jane Eyre
W.E. - O Romance do Século

Melhor direção de arte

O Artista
Harry Potter e as Relíquias da Morte - Parte 2
A Invenção de Hugo Cabret
Cavalo de Guerra

Melhor documentário

Hell and Back Again
If a Tree Falls
Paradise Lost 3: Purgatory
Pina
Undefeated

Melhor montagem

Os Descendentes
O Artista
Millennium - Os Homens que Não Amavam as Mulheres
O Homem Que Mudou o Jogo
A Invenção de Hugo Cabret

Melhor edição de som

Drive
Millennium - Os Homens que Não Amavam as Mulheres
Cavalo de Guerra
A Invenção de Hugo Cabret
Transformers: O Lado Oculto da Lua

Melhor mixagem de som

Millennium - Os Homens que Não Amavam as Mulheres
Cavalo de Guerra
A Invenção de Hugo Cabret
Transformers: O Lado Oculto da Lua
O Homem Que Mudou o Jogo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crítica: A Cabana

Crítica: Logan

Crítica: A Bela e a Fera